14 de Maio de 1948 – Nasce o Estado de Israel

“A terra de Israel foi o lugar onde nasceu o povo judeu. Aqui sua identidade espiritual, religiosa e nacional foi formada. Aqui eles conquistaram independência e criaram uma cultura de significado nacional e universal. Aqui eles escreveram a Bíblia e a deram ao mundo.

Exilado da Palestina, o povo judeu se manteve fiel a ela em todos os países de sua dispersão, jamais cessando de orar e esperar por seu retorno e pela restauração de sua liberdade nacional.

Impulsionados por este vínculo histórico, os judeus lutaram através dos séculos por votar à terra de seus pais e recuperar seu país. Nas últimas décadas, eles voltaram em massas. Eles recuperaram o deserto, reviveram sua língua, construíram cidades e aldeias e estabeleceram uma comunidade vigorosa e crescente com vida própria econômica e cultural. Eles buscaram a paz, mas sempre estiveram preparados para se defender. Eles trouxeram a bênção do progresso para todos os habitantes do país.”

Assim começa o texto da Declaração de Independência de Israel, de 14 de maio de 1948 (5 de Iyar de 5705) . A revista Veja trouxe na época uma edição de capa com o título “Nasce o país dos judeus”.

Leiam e celebrem pois neste dia se cumpriu o que disse D´us através de seu profeta Isaías (vers. 66:5-9):

“Ouçam a palavra de ADONAI, vocês que tremem diante da sua palavra: seus irmãos que os odeiam e os excluem por causa do meu nome, disseram: ‘Que ADONAI seja glorificado, para que vejamos a alegria de vocês!’ Mas eles é que serão envergonhados. Ouçam o estrondo que vem da cidade, o som que vem do Templo! É ADONAI que está dando a devida retribuição aos seus inimigos. Antes de entrar em trabalho de parto, ela dá à luz; antes de lhe sobrevirem as dores, ela ganha um menino. Quem já ouviu uma coisa dessas? Quem já viu tais coisas? Pode uma nação nascer num só dia, ou, pode-se dar à luz um povo num instante? Pois Sião ainda estava em trabalho de parto, e deu à luz seus filhos. Acaso faço chegar a hora do parto e não faço nascer? diz o Senhor. Acaso fecho o ventre, sendo que eu faço dar à luz?, diz o teu D’us.”

Heidad Israel! Viva Israel! הידד ישראל

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Sê o primeiro

Deixe uma resposta