Revelação no Sinai – Livro de YAH

Home Fóruns Fórum Yeshua Chai Soando o Shofar Revelação no Sinai – Livro de YAH

Este tópico contém 0 resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  sofer 4 anos, 10 meses atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #26634

    sofer
    Participante

    Aja como se suas escolhas tivessem um significado eterno; e muitas delas têm; estude a Torá e converse com Hashem (D-us) como se a sua vida dependesse disso; e ela depende…

    Na Ética dos Pais (Pirkei Avot 2), os nossos sábios debateram qual é o atributo mais importante para se tornar um portador adequado da mensagem de D-us na terra. Um sábio respondeu, ter um bom olho (Ayin Tovah); outro disse ser um bom vizinho, e outro disse ser sábio em suas ações. Rabi Elazar, no entanto, disse ter um “bom coração” era o mais importante, que foi como dito ser a melhor resposta.
    Ter um Lev Tov (bom coração) é a base para a vida, mas é impossível ter um bom coração além do Espírito de D-us (Ruach HaKodesh).
    Note que a gematria para a palavra Lev Tov ou seja, um “bom coração” (לֵב טוֹב), é de 49, o número de dias entre a Páscoa e a dadiva da Torá fisicamente no Monte Sinai e a doação do Espírito Santo tanto lá como em Jerusalém no Pentecostes (Shavuot).

    Ter um ‘Lev Tov’ ou seja, um “bom coração” (לֵב טוֹב) é um dos atributos de Gemilut Hassadim (frutos do Espirito). Vale a pena salientar que ‘coração’ é aquilo compõe ‘sentimentos, pensamentos e emoções’.
    “Você deve contar sete semanas … então você deve manter a festa das semanas a Adonay vosso Deus, e vos alegrareis perante o Adonay vosso Deus” (Dt. 16:9-11).

    Os 49 dias entre o grande Êxodo e da revelação no Sinai são chamados Yamim shel sefirá (יָמִים שֶׁל סְפִירָה), os “dias de contagem.”
    Assim que Israel saiu do Egito eles começaram a contar os dias até o dia que iriam encontrar D-us, como Moisés já havia prometido, e seu entusiasmo ao clímax quando chegaram ao Sinai no terceiro mês depois do Êxodo (Ex. 19:1) – apenas alguns dias antes do 50º dia (Pentecostes).

    Note que a palavra hebraica ‘Sefirá’ (contagem, Contar) é composto por duas palavras separadas, Sefer (סֵפֶר), que significa livro, e YAH (יָהּ), é um nome para D-us.
    Ou seja, os 49 dias da contagem para a revelação da Torá, o Livro de YAH (D-us) – a Palavra de D-us – que nos foi dada em Shavuot, escrita e encarnada, pois o Messias e a Torá e Israel são Um.

    O Haftará (porção dos profetas) para este próximo Shabat (ou seja, Oséias 2:1-23) compara Hashem (D-us) a um “amante abandonado” que se recusa a desistir de sua paixão por nós (Israel). D-us nos ama, mesmo na imundície da nossa depravação e nos redime de uma vida de vergonha; ele zelosamente nos procura, nos leva de volta, e nos restaura a um lugar de honra e alegria …

    Há um limite para nossos sofrimentos, há um limite …. porem foquemos na gloria do mundo vindouro apesar dos nossos sofrimentos e aflições nesta vida curta neste mundo… pois nada pode nos separar do amor de D-us.
    Alegremo-nos !!!!

    Hag Shavuot Sameach (Feliz Shavuot)

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.