Judeus Ortodoxos e a leitura do Novo Testamento

Eu tenho falado muitas vezes sobre alguns macros desenvolvimentos que D-us está fazendo na comunidade judaica. O que nós, os discípulos judeus de Yeshua e os cristãos estamos fazendo é micro – muito pequeno em comparação com o que D-us está fazendo.

Apenas nas últimas semanas, o rabino Shmuley Boteach, um rabino ordodoxo muito bem versado que tem debatido e falado com os judeus messiânicos na mídia por vários anos, acaba de publicar um livro com o título: Jesus Kosher.

Muitos cristãos criticam o rabino Boteach porque o seu livro não apresenta a tradicional visão cristã ortodoxa Evangélica de Jesus como o Messias.

Em minha opinião qualquer momento que os judeus pensam de forma positiva sobre Jesus e encorajam as pessoas a ler o Novo Testamento é um bom momento.

A semana passada em Jerusalém o Instituto Pardes lançou um novo livro escrito por Amy-Jill Levine, O Novo Testamento Judaico Anotado. Houve uma discussão por vários estudiosos judeus e rabinos com o tema: “Por que os judeus deveriam ler o Novo Testamento?” A mesma escritora, Amy-Jill Levine também escreveu o livro: “O Judeu Mal-compreendido: A Igreja e o Escândalo do Judeu Jesus.”

Todos estes desenvolvimentos são muito positivos, em minha opinião, porque quando pensamos em Yeshua no contexto judaico do Primeiro século estamos chegando mais perto da verdade bíblica. O poder de D-us está no Evangelho, nas Boas Novas, e a natureza da verdade e a natureza das Boas Novas são muito semelhantes à natureza da luz. Nenhuma escuridão pode vencer até mesmo a menor das luzes.

Essas distorções imperfeitas e, às vezes ultrajantes de ensino do Novo Testamento sobre Yeshua e a culpabilização de Paulo por todas as doenças cristãs são em minha opinião uma parte do processo. Os próprios Apóstolos não compreendiam Yeshua e Sua missão para com Israel e o mundo logo após a Sua ressurreição.

O povo judeu tem que lidar com Yeshua e passar pelo mesmo processo que os Apóstolos tiveram que passar e que Paulo teve que passar até que ele encontrou Yeshua na estrada de Damasco e até que ouviu a mensagem de Ananias e os seus olhos foram abertos,  espiritualmente e literalmente.

Temos que permitir que as pessoas, especialmente judeus, passem pelo processo de descoberta e estes desenvolvimentos são uma parte do processo. Você só precisa continuar orando pela salvação de Israel e apoiar aqueles que estão trabalhando para esta causa. Missionários cristãos em Israel cujo único objetivo é converter os judeus e torná-los parte da sua denominação devem parar seu trabalho divisionista imediatamente e voltar a ensinar o Yeshua simples dos Evangelhos.

O Jesus embelezado, acessorizado, e preparado para uma procissão do Grande Inquisidor está saindo do palco da história tanto na Europa como no Ocidente, e o real, o Yeshua judeu, o Rei dos judeus, que saiu da sepultura e subiu ao céu, está voltando. Esta é uma parte do processo da restauração de Israel e da Igreja. Louvamos a D-us pelo que Ele está fazendo agora e agradecemos-LHE por cumprir Suas promessas a Seus filhos no mundo todo.

Oremos por este novo tempo! No amor Dele,

Joseph Shulam

www.netivyah.org

Sê o primeiro

Deixe uma resposta